Transparência

Em total respeito a nossos atuais e futuros clientes, criamos esta seção de transparência em nosso site, cujo objetivo será expôr informações que necessitam da atenção de todos, seja antes ou durante a contratação de nossos serviços.

Estamos cientes que esta não é uma prática do mercado, por gerar um risco indesejado à CUBIX, já que a má-interpretação de algum dos tópicos abaixo pode afastar clientes que eventualmente não estão acostumados a ler afirmações tão explícitas nos sites da concorrência, meticulosamente aparados com auxílio de equipes jurídicas.

Esperamos que gostem de transparência, pois o acima foi só um aquecimento…

Servidor Transparente

Os servidores de hospedagem compartilhada

A CUBIX é contra qualquer prática de obscurecimento de informações sobre seus produtos comercializados. Portanto, somos transparentes quanto às características e limitações físicas de nossos equipamentos utilizados nas hospedagens, e nos comprometemos a expô-las abaixo, para conhecimento. Além disso, forneceremos links externos para permitir a consulta sobre alguns conceitos menos usuais.

Antes de mais nada, é importante conhecer que os servidores dos planos de Criador de Sites e Hospedagem de Sites contratados são categorizados no mercado como “Hospedagem Compartilhada“, ou seja, cada servidor virtual de um cliente roda em paralelo com outros servidores dos outros clientes sob um mesmo hardware físico em nosso Datacenter, compartilhando recursos de processamento, disco, memória e rede.

Como poderá ver abaixo, nossos serviços possuem diferencial de forma que quase todos os recursos são isolados via tecnologia CageFS do sistema CloudLinux, sendo assim controlados virtualmente de forma que o eventual pico de um cliente não ultrapasse alguns limites máximos pré-determinados, evitando assim que todos os clientes do compartilhamento sejam afetados.

Abaixo tabela com o máximo de recursos computacionais utilizáveis:

Processamento e Memória

Disponibilizamos para cada hospedagem 1 processador vCPU originado em um Intel Xeon de 2.4Ghz e memória RAM de altíssima velocidade. Juntos, o processador e a memória determinam a capacidade de processamento total do servidor, num dado momento.

A especificação acima costuma suportar uma quantidade considerável de acessos, e está um pouco acima dos padrões de mercado, pois além de permitir chegar até 2 Gb de consumo em sua hospedagem em momentos de pico, você conta também com mais 8 Gb de Memória Virtual adicionais para auxiliar no desempenho do ambiente.

INODES

Um ‘inode‘ é a estrutura do servidor que armazena informações sobre um arquivo, diretório ou outro objeto do sistema de arquivos. Ou seja, o número de inodes indica a quantidade de arquivos e pastas que há em seus servidor (inclusive anexos de emails). Note que a quantidade acima é igual à máxima oferecida pelos grandes provedores de hospedagem do mercado.

Processos

A quantidade de ‘processos de entrada‘ indica quantos comandos de solicitação ao servidor (ex: entrar numa página) simultâneos seus visitantes estão realizando. Grandes provedores limitam este número a 256 em seus melhores planos, mas nós vamos além disso.

A limitação de ‘processos simultâneos‘ está relacionada a quantas tarefas seu servidor pode processar ao mesmo tempo. Quando um visitante acessa uma página dinâmica do site é aberto um processo que, normalmente, dura poucos milissegundos e depois é terminado. Portanto, caso alcançe os 50, significa que há uma quantidade imensa de tráfego simultâneo. Atente que os jobs CRON configurados pelo cliente são contabilizados como processos, quando em execução.

Mais uma vez, a quantidade disponibilizada pela CUBIX é o dobro do visto nos concorrentes de mercado.

Rede

Em nossa oferta disponibilizamos planos que não contabilizam o tráfego utilizado em nossas hospedagens. Porém isso não significa que o tráfego de rede não é um recurso importante a ser considerado.

Em cenários usuais, todos os clientes poderão compartilhar simultaneamente o link de comunicações disponibilizado pelo Datacenter. Porém, é importante realizar que caso um ou outro cliente específico receber um número inexequível de acessos, é possível que todos os outros clientes do compartilhamento sintam alguma perda de performance, ou até mesmo indisponibilidades temporárias (que, por serem causadas por clientes, não vão contra o SLA de 99,9% acordado).

Se detectado que este determinado cliente recebe de forma frequente um número de acessos que não está de acordo com a média vista em hospedagens compartilhadas, certamente ele se encontra instalado na categoria incorreta de hospedagem, e necessitará ser realocado para soluções mais robustas e preparadas para altíssima demanda de processamento e rede.


  • O cliente possui visão da utilização em tempo real de CPU, Memória, Processos de Entrada e Simultâneos, no Painel de Controle cPanel já disponibilizado.
  • Para 90% dos clientes, os parâmetros acima são muito mais do que suficientes para atender seus visitantes. Se você por algum motivo ultrapassar os limites acima (incomum), entre em contato para estudarmos novas soluções mais apropriadas à sua necessidade de consumo.
  • Citamos apenas parâmetros considerados importantes para o desempenho de um servidor. Caso entendam que algum recurso computacional importante não está sendo exposto aqui, pedimos que seja informado via Contato.

Espaço em Disco Ilimitado

Esta seção é para discutir mais abertamente sobre as ofertas de “Disco Ilimitado” encontradas no mercado.

Pense… quantas coisas você conhece que são verdadeiramente ilimitadas, ou infinitas?

Algumas empresas do mercado vendem planos que alegam possuir disco ilimitado, porém quando os clientes atingem um consumo pré-determinado de Gigabytes, recebem notificações de excesso de consumo, sempre referenciando seus termos de serviço e contratos, informando que o consumo está impactando os recursos do servidor.

Então como funciona de verdade ?

Ocorre que na infraestrutura física compartilhada de qualquer Datacenter existe um número finito de discos rígidos (HD) disponíveis para comercialização e compartilhamento entre os clientes. Então, caso uma minoria de clientes utilize espaço em disco demais de forma que esteja impactando a quantidade livre para novos ou atuais clientes, isso gera um alerta interno no provedor de hospedagem, que se utilizará de diversos meios para evitar que o consumo excessivo continue, inclusive ameaçando suspender ou cancelar contas desses utilizadores.

Em sua maioria, os usuários que chegam a esse ponto não são clientes comuns que pretendem divulgar seu site, blog, loja virtual ou sistema de negócio, e sim pessoas que tentam se aproveitar da oferta supostamente sem limites para guardar arquivos grandes online, seja para uso próprio ou para distribuição (lícita ou ilícita). Para criar tais repositórios ou compartilhamentos públicos na Internet, existem outras soluções mais apropriadas, e geralmente bastante caras, de acordo com a quantidade de dados guardada.

“Quanto espaço eu precisarei para meu site ?”

É possível encontrar em artigos de sites especializados no setor que mais de 95% de donos de websites e eCommerce utilizam no máximo 20 Gb em sua hospedagem, entre arquivos, imagens, mídia, emails com anexos e bases de dados.

Na CUBIX, não ofereceremos discos “Ilimitados”, pois isso refletirá uma prática muito mais honesta e coesa do que a citada acima.

Conclusão

Essa prática da CUBIX certamente afastará usuários mal-intencionados de nossos servidores, que irão procurar outros serviços “Ilimitados” para publicarem seus conteúdos excessivos ou indevidos.

Para os 1% de clientes que oficialmente necessitem de mais de 100 Gb de espaço em disco em sua hospedagem, recomendamos que estudem a contratação de planos VPS ou de Servidor Dedicado, que além de maiores opções de disco, trazem vários outros benefícios.

Para os que realmente acreditam em ofertas “Ilimitadas” de outros provedores de hospedagem, convidamos-os a ler minuciosamente os termos e contratos pertinentes nestas empresas.

Em nossos Termos de Serviço, a questão acima é regulada nas cláusulas 9 e 10.

Relação Investimento X Qualidade

Quase todas as pessoas, ao pesquisarem serviços, utilizam como parâmetro de busca mais importante o custo. Isso acontece porque é a forma mais objetiva e simples de realizar comparações, principalmente quando não há conhecimento técnico detalhado dos produtos sendo adquiridos, impedindo uma análise mais criteriosa.

Acontece que, no mundo da Tecnologia, é sempre possível encontrar opções incrivelmente baratas, ou incrivelmente caras para um mesmo produto ou serviço. Os fatores que influenciam nesses valores, além da margem de lucro imposta por uma determinada empresa, também tem relação com o custo base do mesmo, dos materiais utilizados e, no caso de serviços, o quanto aquele serviço é compartilhado com outros clientes.

No caso de hospedagem web, um mesmo servidor que custe R$ 1.000 mensais no DataCenter, pode ser utilizado por uma empresa de Hosting para abrigar 100 usuários, 200… ou 500, tudo depende da política de reaproveitamento desta empresa. Como é possível imaginar, utilizar este mesmo equipamento para 100 usuários faz com que haja melhor aproveitamento dos recursos computacionais para cada cliente, do que quando são inseridos 500. É como comparar o compartilhamento de um imóvel por um casal, ou por uma família inteira.

Caso uma empresa que cobre, por exemplo, R$ 5,99/mês de seus clientes, não é viável financeiramente colocar apenas 100 clientes neste servidor de custo R$ 1.000/mês, pois a empresa acaba tendo claramente prejuízo neste cálculo. Mesmo 200 clientes seria uma tarefa inviável, considerando todos os impostos pagos sobre faturamento no país.

É comum ver no mercado ofertas de VPS por R$ 10,00 ou R$ 20,00 mensais, com as mais diversas configurações mas, seria viável contratar equipamentos de qualidade e disponibilizar VPS de qualidade a estes preços? Você entende os impactos existentes em compartilhar recursos importantes como Disco, CPU, memória RAM, entre outros neste serviço?

Na CUBIX, nos esforçamos ao máximo para oferecer serviços robustos e confiáveis, com o menor preço que permita a continuidade das operações, mesmo que às vezes não sejam os menores preços do mercado.

Dicas

  • Desconfie de preços fora do comum, que prometam algo como metade do praticado por todos os outros no mercado.
  • Pesquise a fundo se a empresa que oferece o serviço possui um nível muito alto de reclamações de quedas e indisponibilidades, pois isso pode ter relação com o quão exagerada é sua política de reaproveitamento.
  • Utilize diversos serviços, peça períodos de teste, para garantir que está comparando todas as opções existentes, e então fazer sua escolha.
  • Pense que seu site é algo que merece seu investimento, portanto não pense exclusivamente no valor dispendido, pois há muitos outros fatores envolvidos nessa aquisição.

É possível sim encontrar, junto a Hosts estrangeiros, um melhor preço para os mesmos serviços oferecidos por empresas brasileiras. Isso se dá pela altíssima carga tributária que as empresas brasileiras (ao menos as sérias) precisam suportar. Para competir com estes casos, o diferencial da CUBIX está em fornecer um suporte presente e personalizado, em níveis que nunca seriam possíveis por empresas internacionais, bem como formas de pagamento não suportados para estas empresas, como boleto bancário e depósito em conta corrente.

Fechar Menu